analfabetismo
Please do not change this code for a perfect fonctionality of your counter analfabetismo

Valorize a cultura depositando qualquer quantia na conta corrente BRADESCO 5920-0 Agência 3679-0 podes depositar on line pelo site www.bradesco.com.br. BOA LEITURA!
Quinta-feira, 10 de Maio de 2018
A Fila e a Festa
fila.jpg


A Fila e a Festa

Todo mundo sabe que brasileiro, principalmente baiano na maioria, , gosta muito de festa, é animado por natureza, qualquer coisa é motivo para fazer um pagodão regado a muito cervejão, onde já presenciamos diversas situações inusitadas envolvendo esse jeito peculiar do comportamento de boa parte dessas pessoas daqui, na melhor das hipóteses.

Vimos greve regada à muita festa e churrasco, passeata com trio elétrico, sempre muitas movimentações que não tinha nada a ver com festejo, mas ali estava o pessoal “bebemorando”.

Agora algumas situações nos deixaram perplexos com a criatividade daqui do pessoal de Salvador, diante das piores tribulações, eles prontamente arranjam um isopor, pandeiro e cavaquinho, para se divertir na fila do Ferry Boat, um dos piores transtornos em termos de fila e desorganização que sofremos para atravessar a Baía de Todos os Santos, indo para o Bom Despacho, terminal em Itaparica, ali são horas a fio, para fazer essa famigerada travessia, não é fácil não, mas a adaptação do soteropolitano diante do sofrimento faz tudo virar festa, alguns acham até divertido, dizem que paqueram, merendam, bebem, dão uma voltinha e tudo continua naquele festejo, só não saiu churrasco porque não pode, mas existe todo um comércio desfilando junto com as pessoas que dão uma voltinha para quebrar o tédio.

O pior que não fica por aí, agora com o recadastramento eleitoral, que obriga a gente a pegar aquela fila quilométrica, debaixo de chuva e do sol, tem gente dormindo na fila no dia anterior para conseguir um lugarzinho, mas nem por isso o pessoal se fez de rogado, trouxeram banquinhos, isopor e todo tipo de instrumento de “pagodagem” para novamente mostrarem que estão aqui em Salvador, com muita alegria “cervejão” e muito tempo para curtir a fila dos desesperados, que hoje não é nem mais tanto desespero, infelizmente, o pessoal está se acostumando com o ruim, com o desserviço desde que haja festa e o resto que espere.

Marcelo de Oliveira Souza,IWA - Salvador - BA - Brasil Escritor e Organizador do Conc Lit Poesias sem Fronteiras. * Dr. Honoris Causa em Literatura- FEBACLA membro: * Da Academia de Letras do Brasil Sul e Baixo Sul da BA; * Da International Writers and Artists Association -EUA * Da Academia de Letras de Teófilo Otoni -MG;

******************************************* * Blog: <http://marceloescritor2.blogspot.com/> http://marceloescritor2.blogspot.com<http://marceloescritor2.blogspot.com/> * Site do Concurso de poesias: <http://www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net/> www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net<http://www.poesiassemfronteiras.no.comunidades.net/> * Facebook: marceloescritor ; Instagram:@marceloescritor


publicado por marceloescritor às 15:21
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
Marcelo De Oliveira Souza

Criar seu atalho
Conheça seu par ideal!
links
Concurso de Poesias

Criar seu atalho


Recados Para Orkut


links
blogs SAPO
subscrever feeds